Bem-vindo ao SENAR SERGIPE

O que você procura?


Os técnicos de campo das cadeias produtivas da bovinocultura de leite, fruticultura e agroindústria participaram na última sexta-feira, 28, da Oficina de Planejamento Rural. O curso integra as ações do Programa de Assistência Técnica e Gerencial – ATeG do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural em Sergipe – Senar/SE.

 

O objetivo da oficina foi realizar o planejamento de cada propriedade que os técnicos atendem mensalmente. Os supervisores  Julianne Santiago Silva Goveia e Ismar de Lima Farias realizaram o treinamento.

 

“O objetivo da oficina foi alinhar todos os técnicos para o planejamento das propriedades. Estamos na quinta visita e já é o momento para fazer o planejamento individual de cada produtor. Esse plano consiste em conhecer os objetivos do produtor. Qual o objetivo dele? Quais as metas? Qual o sonho? É muito importante este planejamento para obter êxito nos resultados”, explica o supervisor Ismar.

 

A técnica de campo e zootecnista, Ana Caroline Santos Pinho, destaca que o planejamento é fundamental para que o produtor alcance as metas e continue crescendo na atividade.

 

“Estamos mostrando a importância do planejamento e fazer tudo com organização para que o produtor tenha meta a cumprir e através das nossas orientações técnicas ele consiga, em um prazo determinado, chegar nesta meta. Quando ele atingir esta meta, a gente faz um novo planejamento para que ele possa continuar crescendo, entender a importância da gestão e querer crescer”, afirma.

 


Treinamentos

 

A coordenadora da ATeG, Taynã Matos, explica que foram realizados dois treinamentos para os técnicos de campo no mês de agosto. O primeiro sobre balanceamento de dietas para bovinos leiteiros e o segundo sobre a oficina de planejamento rural.

 

“Para garantir um bom desempenho das atividades de campo estamos sempre em busca de aperfeiçoamento técnico, com isso são realizados treinamentos e oficinas técnicas que são previamente planejados para que possam ser colocados em prática no campo e garantir o crescimento dos produtores”, destaca.