Bem-vindo ao SENAR SERGIPE

O que você procura?


Os produtores de leite assistidos pelo programa de Assistência Técnica dos municípios de Itabi e Nossa Senhora da Glória participaram do ‘Dia de Campo’ em uma Unidade Demonstrativa de Reserva Hídrica do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural em Sergipe – Senar/SE.

O objetivo dos dias de campo é demonstrar aos produtores assistidos uma nova tecnologia. O sistema de reuso permite o reaproveitamento da água utilizada na limpeza da sala de ordenha, gerando economia de água e sendo utilizada para irrigação da palma. O sistema foi implantado pelo Senar/SE em 12 municípios sergipanos.

“Estamos trabalhando em uma região onde água é fundamental por ser muito escassa. Você traz uma tecnologia que dá oportunidade do produtor aumentar a produção de alimentos da propriedade mediante irrigação com água já usada. O segredo deste projeto é a caixa filtro que a gente instala tornando ela apta para fazer uma irrigação na palma”, explica a supervisora da Assistência Técnica e Gerencial, Camila Xavier.

Ainda segundo Camila, os produtores têm demonstrado interesse em implantar o sistema de reuso. “Os produtores vêm recebendo muito bem esta informação e gostando muito, apesar de ser um projeto que tem um valor de investimento um pouco elevado, porém quando fazemos a conta dos benefícios, eles conseguem perceber que este projeto barateia o custo da produção do leite”, afirma.

Em Sergipe, o Senar atuou na implantação de 12 unidades em 12 municípios. O objetivo é impactar não só os produtores assistidos como os da região, por isso chamamos de unidades demonstrativas. O produtor do município de Itabi, Messias da Silva Rezende, disse implantará o projeto na sua propriedade.

“Gasto por dia uns 200 litros de água por dia. Vim conhecer esse sistema hoje porque quero implantar na minha propriedade. Achei muito bom por  irrigar a palma que serve para alimentar o rebanho”, afirma.

A produtora do Nossa Senhora da Glória, Maria Edivânia de Jesus, também gostou do sistema. “Estou há um ano no programa e esta visita foi ótima. Aprendi que possível utilizar água que usamos em casa para molhar a palma. Toda água lá em casa eu jogo fora e com este sistema aproveito”.