Bem-vindo ao SENAR SERGIPE

O que você procura?


Os alunos do curso de Aprendizagem Rural do município de Laranjeiras realizaram  aula prática do módulo sobre agricultura. O objetivo do curso é capacitar jovens para o mercado de trabalho. Ao todo, 23 alunos participam do treinamento.

O estudante Yuri Bezerra conta que o curso é o primeiro contato dele com o campo. Ele conta que após o curso pretende fazer um curso técnico do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural em Sergipe – Senar/SE ou a graduação em Engenharia Agronômica.

“Estou fazendo o curso para ter uma capacidade melhor no mercado de trabalho porque hoje está difícil emprego. Nunca trabalhei antes e fiquei sabendo através do meu avô. Quero me capacitar nesta área de agronegócio e fazer um curso do Senar ou até ser engenheiro.

Estudante Yuri pretende continuar os estudos após o curso

A aluna Larissa Cruz já tinha contato com o campo através do padrasto, que trabalha em uma usina de cana-de-açúcar. Ela pretende trabalhar na área administrativa.

“Vim buscar conhecimento. Já ajudo meu pai nesta área, mas meu objetivo é fazer o curso e trabalhar na área administrativa. A área que mais gostei é de adubação. Para trabalhar no administrativo preciso conhecer a parte de campo”, afirma Larissa.

Nair Brandão explica a importância da aula prática

A instrutora e engenheira agrônoma, Nair Brandão, explica que o conteúdo ministrado em sala foi visto em campo. Segundo Nair Brandão, o aluno sai capacitado para o mercado de trabalho, especificamente sobre a cana-de-açúcar.

“Neste módulo, discutimos alguns pontos importantes como a morfologia e fisiologia da cana-de-açúcar. Trabalhamos a morfologia do solo e como ele é formado mostrando a importância da preservação do solo e as características e tipos da cana-de-açúcar e adubação”, afirma.

Aprendizagem Rural

O programa de Aprendizagem Rural tem uma carga horária de 960 horas sendo 480 em sala de aula e 480 de prática profissional. Os alunos terão aulas práticas e teóricas divididas em dois blocos básicos que é um reforço das disciplinas de português, matemática, informática, administração rural, entre outras, para aprimorar o conhecimento da sala de aula.  Os alunos também terão um módulo específico voltado para a cana-de-açúcar com 145 horas.