Bem-vindo ao SENAR SERGIPE
(79) 3211-3264 | (79) 3214-6817

O que você procura?



Um momento para compartilhar aprendizado e aprender na prática o conteúdo visto nas aulas on-line, assim foi a visita proporcionada pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/Sergipe), na Sergipe Citrus, no município de Umbaúba, região sul de Sergipe, onde os alunos do curso técnico em Fruticultura conheceram de perto a produção de mudas de laranja, tangerina e limão em ambiente protegido de doenças e pragas.

Referência na atividade em Sergipe, o fundador da empresa, Joel Santos é citricultor há 47 anos e apresentou aos alunos do Senar, o passo a passo para a produção das mudas em estufas, desde as sementes utilizadas, a enxertia, a adubação utilizada, que nesse caso ocorre através da fertirrigação. O empresário contou um pouco da sua história aos alunos e lembra que começou com poucas mudas. “A atividade é tradição familiar, desde criança me dedico ao trabalho, busquei qualificação e acreditei na rentabilidade viável do negócio. Comecei com 5 mil mudas e hoje com a tecnologia aplicada, já produzimos 700 mil mudas por ano”, explica.

A tutora da turma, a engenheira agrônoma Andrea Costa ressaltou que o dia de campo é um momento de aliar a teoria à prática. “Eles puderam ver na prática, por exemplo, a diferença do cavalo macho e fêmea, existe a variação e implica diretamente na maior produtividade, quando o cavalo é fêmea, a planta produzirá melhor e isso foi mostrado pelo citricultor na prática”, explicou a tutora.

A secretária escolar do Senar Sergipe, Fabiana Santos, também acompanhou a visita e lembra que este é um momento de agregar conhecimento e foi ainda uma oportunidade para os alunos se conhecerem pessoalmente, já que o curso começou ainda em meio à pandemia no formato totalmente on-line.

O material de propagação da Sergipe Citrus se origina em plantas registradas no Ministério da Agricultura Abastecimento e Pecuária – MAPA, além disso, o sistema de fertirrigação chamou a atenção do aluno do curso técnico em Fruticultura, Lucas Santos. “Eu como estudante de engenharia agronômica, a fertilidade do solo e o manejo de nutrientes são áreas que me despertam o interesse e por ele trabalhar com nutrição mineral de plantas, fiquei satisfeito em aprender e conhecer de perto o manejo implementado”, finalizou.


Posts Relacionados

Notícias
Resultado 2ª Etapa Processo Seletivo para Supervisor
Notícias
Municípios do interior de Sergipe recebem ações do Senar Saúde
Notícias
Sealba AgroShow: Governo de Sergipe reafirma apoio ao show do agronegócio
Mais Notícias >

Este site utiliza tratativa baseada na Lei Geral de Proteção de Dados Lei nº 13.709/2018. Para saber mais, basta acessar nossa Política de Privacidade.