Bem-vindo ao SENAR SERGIPE

O que você procura?


Os alunos do curso técnico em Agronegócio do polo presencial do município de Carira realizaram visita técnica em uma propriedade que produz produtos orgânicos no povoado Junco, localizado em Areia Branca. A visita faz parte da Unidade Curricular Associativismo, Cooperativismo e Sindicalismo.

Os alunos conheceram a Cooperativa da Produção Sustentável de Sergipe (Coopersus) e a produção de maças e uvas do cooperado Carlos César. Ele recebeu os alunos na propriedade e mostrou como funciona a produção de maça e uva.

“Os meus principais produtos são uvas e maças que serão comercializadas através da Coopersus em feiras. Por semana, envio para ser comercializado pela cooperativa cerca de 300 quilos de maças. Uma produção orgânica”, explica Carlos César.

Cooperado Carlos César

A pedagoga do Senar/SE, Carla Aparecida da Silva Santos, destaca que as visitas técnicas representam um momento importante para os alunos, que têm contato com a atividade rural na prática.

“A visita técnica é uma atividade relevante para os futuros técnicos em agronegócio, pois permite aos alunos relacionarem os conteúdos trabalhados em sala de aula com a prática permitindo a eles uma experiência real”, explica Carla.

O produtor e aluno do curso, José Raimundo, destaca que a visita é um momento importante de ver na prática o conteúdo da sala de aula. “Foi muito bom porque a minha região  não tem nada disso. Plantamos só milho e o feijão. É uma oportunidade nunca vista. A capacidade dele desenvolver em uma área pequena uma grande variedade. É importante ter esse contato e bom seria se tivesse mais. Na sala, a gente aprende muito, mas no campo a história é outra”.

Produção de uvas orgânicas no povoado Junco

O técnico da empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro), Valtenes Braga, também conversou com os alunos sobre a produção de orgânicos e como funciona as atividades da cooperativa.

“Uma visita de suma importância porque você consegue colocar em prática o que você aprendeu em sala de aula. A visita foi a um cooperado, um agricultor agroecológico. César é um produtor modelo e difusor da tecnologia agroecológica e a gente sabe que produzir não é fácil e comercializar é mais difícil ainda”, pontuou.

Tobias Barreto

Os alunos do polo presencial do curso Técnico também realizaram visita técnica a um produtor já assistido pelo Senar/SE através do Programa Sertão Empreendedor. Os alunos acompanharam todo o processo de produção de queijo artesanal.

Alunos do polo de Tobias Barreto acompanharam produção de queijo artesanal