Bem-vindo ao SENAR SERGIPE

O que você procura?


A palma é dos principais alimentos utilizados na alimentação do rebanho no sertão por ser resistente a seca. Com isso, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural em Sergipe (Senar/SE), implantou sete unidades demonstrativas de reserva alimentar em sete municípios sergipanos.

A reserva alimentar é uma garantia de alimento para o rebanho no período da estiagem. Os produtores assistidos pelo programa de Assistência Técnica e Gerencial (AteG) fazem um planejamento alimentar para o ano seguinte, uma prática pouco comum entre os produtores sergipanos.

“Além dos treinamentos realizados pelos produtores do AteG para melhorar a produção e qualidade do leite, os produtores aprendem a planejar a alimentação do rebanho a longo prazo, o que a maioria dos produtores não faz passando por dificuldades no período da estiagem”, explica a coordenadora do AteG, Tainã Matos.

O produtor Eduardo Bastos foi um dos beneficiados com a Unidade Demonstrativa de Palma no município de Carira. A plantação é de palma miúda em fileiras simples. A unidade fica na beira da estrada para que as pessoas que passam na estrada possam ter uma melhor visualização e sirva de modelo para outros produtores.

Eduardo foi um dos produtores beneficiados

“Esta unidade demonstrativa foi de grande importância porque eu era um produtor que não plantava palma. Só fazia silagem e com a palma melhorou o rebanho em 70% na qualidade das vacas, digestão do alimento. Foi 100% de ganho. Com a palma, você tem um local guardado. Ajuda na produção de leite também. Já vieram muitos produtores. Eles passam na estrada e perguntam como foi o plantio”.

O técnico de campo Geraldo Tenório explica que as unidades servem como uma área de demonstração. A palma foi escolhida por ser uma cactácea adaptada ao sertão.

“A palma é fundamental para quem produz leite porque estamos em um período seco e ela  é o volumoso que o produtor tem para alimentar o seu rebanho. Além disso, é uma cactácea  muito rica em água”, afirma o técnico Geraldo.