Bem-vindo ao SENAR SERGIPE
(79) 3211-3264 | (79) 3214-6817

O que você procura?



O agro não para e a capacitação de mão de obra do produtor rural também não. Neste aspecto entra em cena o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar Sergipe), que realiza a capacitação de produtores e jovens que estão no campo, com o objetivo de desenvolver o agronegócio em todo o estado, mostrando àqueles que já fazem parte do setor, a oportunidade de crescimento ao se manter como produtores rurais.

 

Daniel de Santana é um exemplo, aos 21 anos, lembrou que a história dele é no campo desde criança, a família é produtora rural e com a experiência de vida, foi em busca de capacitação através do curso profissionalizante em bovinocultura de leite do Senar Jovem de Nossa Senhora da Glória, no sertão de Sergipe, ofertado pelo Senar.

 

O depoimento de gratidão aconteceu nesta quinta-feira (18), durante a apresentação do plano de negócios no encerramento das aulas do curso. Assim como Daniel, os 14 alunos desta turma têm ligação com o campo, são produtores rurais, filhos de pecuaristas ou ainda empreendedores do agronegócio. Cleyton Paixão é outro jovem que já trabalha na lida diária da roça e ao tempo em que aprendia, colocava em prática o conhecimento das aulas.

 

Outro depoimento emocionante, foi da produtora de leite e aluna do Senar Jovem, Mácia Pastora, ela contou que nem acreditava que conseguiria fazer o curso, mas foi perseverante. Apesar de já trabalhar no campo, ela conta que não tinha manejo com o gado, mas hoje já sabe identificar doenças e onde pode melhorar a produção leiteira. “O Senar me mostrou que eu posso aprender e me deu novas chances de crescer na produção de leite no sertão sergipano, agora é só crescer mais e mais”, relata satisfeita.

 

Bovinocultura de Leite

O curso começou durante o auge da pandemia, em março de 2021, ainda que diante de desafios, as aulas começaram de forma online, com a disciplina de Língua Portuguesa, seguiram com Informática Básica, Competência Interpessoal, Administração Básica, Tecnologia de Processamento de Leite e derivados e ainda o Manejo de Gado Leiteiro e Gestão de Propriedades Leiteiras. Além das aulas online, após o avanço da vacinação contra a Covid-19, foi possível a realização de visitas nas propriedades rurais pelo estado, locais em que puderam aprender na prática o conteúdo passado pelos instrutores do Senar.

 

O último instrutor da turma, o zootecnista Antônio Lemos, finaliza o curso com alegria sabendo que os alunos agora vão a campo desenvolver aquilo que aprenderam em sala de aula contribuindo para o crescimento da agropecuária sergipana. “Essa é uma turma dinâmica nas atividades, já que muitos estão no campo, agora aliado ao conhecimento científico, podem atuar dentro de uma linha de manejo e nutrição e terão uma melhor resposta na produtividade”, conta o instrutor. Quem também prestigiou e parabenizou pela conclusão da turma durante a apresentação dos alunos foi a zootecnista Camila Thiara, que ministrou aulas de Manejo de Gado Leiteiro, mas segundo os alunos foi além, mostrando o potencial de cada um.

 

A coordenadora pedagógica, Carla Aparecida, ressaltou o engajamento da turma e lembrou que o Senar fica de portas abertas, já que muitos são produtores e podem receber a assistência técnica e gerencial também. O gerente técnico do Senar Sergipe, o engenheiro agrônomo, Saymo Fontes também compareceu e ressaltou aos alunos que a capacitação abre portas para novas oportunidades. “Muitas empresas procuram o Senar para indicar pessoas capacitadas e ao observar o desempenho de cada aluno, podemos sugerir nomes e abrir portas do mercado de trabalho no agronegócio aos alunos.”, conta.

A realização do curso teve ainda a parceria da prefeitura de Nossa Senhora da Glória, disponibilizando o transporte dos alunos para as aulas práticas e uma sala de aula para a realização das atividades presenciais.

 

Sobre o Senar Jovem

 

O programa Senar Jovem foi criado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural em Sergipe – Senar/SE com o objetivo de qualificar os jovens e adultos com idade de 16 a 30 anos. As aulas teóricas acontecem online e as atividades práticas presenciais em fazendas. O curso tem carga horária de 240 horas.

 

Outras jovens estão sendo capacitados e devem finalizar em dezembro, a exemplo da turma de bovinocultura Leiteira em parceria com a Secretaria de Educação de Sergipe, Administração Rural, Pecuária de Corte, Administração Rural e Equideocultura.

 


Posts Relacionados

Notícias
Resultado 2ª Etapa Processo Seletivo para Supervisor
Notícias
Municípios do interior de Sergipe recebem ações do Senar Saúde
Notícias
Sealba AgroShow: Governo de Sergipe reafirma apoio ao show do agronegócio
Mais Notícias >

Este site utiliza tratativa baseada na Lei Geral de Proteção de Dados Lei nº 13.709/2018. Para saber mais, basta acessar nossa Política de Privacidade.