Bem-vindo ao SENAR SERGIPE

O que você procura?


A utilização de agrotóxicos requer conhecimento por parte dos agricultores quanto à maneira correta e segura de usá-los para evitar danos à saúde dos trabalhadores rurais e do meio ambiente. Com o objetivo de orientar os produtores rurais sobre a utilização correta do agrotóxico, foi realizado o treinamento de ‘Segurança de aplicação de agrotóxico’, no Parque de Exposições de Aracaju.

O curso é uma realização do pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural em Sergipe (Senar/SE) com o apoio da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Sergipe (Faese). O curso tem carga horária de 20 horas.

A instrutora Flavyane Procópio explica que a aplicação incorreta do agrotóxico pode gerar problemas relacionados à saúde do trabalhador e ao meio ambiente, por isso a importância do curso realizado pelo Senar.

“As pessoas não conhecem a forma correta e segura de fazer a aplicação para proteger o seu corpo, e até mesmo preservar o meio ambiente. Então, no curso falamos sobre os cuidados com a saúde, como proteger o corpo e fazer uma aplicação de forma eficiente para preservar o meio ambiente. O primeiro passo é utilizar o EPI e avaliar as condições do equipamento. Se está funcionando corretamente, se tem vazamento. Na hora de fazer a limpeza, usar sempre água limpa e ter cuidado no preparo da calda e descarte do material”, orienta.

Aula teórica

O colaborador Valdefran Alves trabalha com aplicação de agrotóxico em uma propriedade no município de Frei Paulo. Ele destaca que o curso foi importante, principalmente quando falou sobre os itens de segurança.

“Trabalho na fazenda nessa área de aplicação e nunca tinha feito este curso. Foi muito bom. Conhecimento nunca é demais. Nós utilizávamos até os equipamentos, mas de uma maneira que não era como aprendemos aqui. Como usar e tirar os itens de segurança foi a parte que fez uma grande diferença”, afirma.

Eric Vicente é do município de Graco Cardoso e participou do curso, pois pretende comprar terras futuramente. “Foi uma oportunidade que eu tive e temos que aproveitar todas as oportunidades que o setor oferece para gente. Um aprendizado que vai servir para porque futuramente pretendo comprar uma grande quantidade de terra e preciso ter este conhecimento porque nem sempre vou ter um profissional comigo”.