Bem-vindo ao SENAR SERGIPE

O que você procura?


Os alunos do curso Técnico em Agronegócio dos polos de Carira e Tobias Barreto visitaram propriedades assistidas pelo programa de Assistência Técnica e Gerencial (AteG). A visita tem por objetivo colocar o aluno em contato com a prática do conteúdo teórico visto em sala de aula.

O ATeG é um programa do Senar/SE que atende atualmente 200 produtores em 10 municípios, que recebem assistência mensal nas propriedades. O programa tem mudado a realidade dos produtores que aumentaram a produtividade, após a assistência.

O tutor da Unidade Curricular de Assistência Técnica e Extensão Rural, Antônio Lemos, explica que foi escolhida uma propriedade assistida pelo ATeG para que os alunos conhecesse na prática como funciona a assistência técnica.

“O objetivo é mostrar aos alunos como funciona o Programa de Assistência Técnica e Gerencial do Senar, os benefícios e mostrar como o produtor de leite está vivendo hoje. Mostrar toda produção dele, o comércio do leite e a renda que eles têm hoje. São alunos que estão se formando e estão entrando no mercado de trabalho e a visita é uma visão a mais para conseguir futuramente as suas habilidades de técnico de campo”, afirma Antônio.

Alunos visitaram propriedade

Um dos produtores escolhidos para a visita técnica foi o produtor Joélio Gonçalves de Araújo, no município de Riachão do Dantas. Ele destacou como o programa tem ajudado no seu crescimento.

“A assistência técnica está trazendo melhorias na área gerencial. Não tinha o hábito de anotar receitas e despesas. Agora já estou tendo uma ideia do que fazer para as contas fecharem. Não tinha um controle financeiro e hoje já estamos tendo esta ideia de como fazer as contas”.

Ainda segundo o produtor Joélio, o contato com alunos do curso Técnico em Agronegócio é uma experiência muito importante por dividir conhecimento e aprender com os alunos. “É importante esse contato com a prática porque vai formar técnicos com consciência da prática no campo. Na teoria é uma coisa, na prática é muito mais real”.

O aluno do polo presencial de Tobias Barreto, Plinio Augusto de Jesus Santos, explica que as visitas técnicas ajudam o aluno a ter uma visão de mercado.

“As visitas técnicas são fundamentais porque os instrutores dão a teoria e na visita técnica fazemos o link da sala de aula com o cotidiano. As visitas técnicas são de grande importância para que os alunos tenham este contato empírico. Hoje visitamos produtor que tem conhecimento teórico e científico. Em algumas propriedades temos o produtor tradicional e hoje foi surpreendente porque ele tem conhecimento científico. Ele usa técnicas provenientes da assistência técnica do Senar e que nós, provavelmente, vamos passar para produtores que vamos atender futuramente”, pontua.

Plínio destacou a importância das visitas

Plínio ainda destacou que o curso superou as suas expectativas e enfatizou a qualidade do material disponibilizado para o aluno. “O impacto é que o curso superou as expectativas. Fiz o processo seletivo e o curso superou muito minhas expectativas, principalmente, pela qualidade do material, os professores, o módulo virtual e físico são muito legais. As metodologias que o Senar oferece proporciona ao aluno uma capacitação incrível”, afirma Plínio.

Polo de Carira

Os alunos do polo de Carira visitaram o produtor de leite, Eduardo Santos Costa, 28 anos, um dos casos de sucesso do ATeG no município de Nossa Senhora da Glória. Eduardo produzia 95 litros de leite por dia e hoje produz cerca de 400 litros.

Alunos do polo de Carira visitando o produtor Eduardo Costa