Bem-vindo ao SENAR SERGIPE
(79) 3211-3264 | (79) 3214-6817

O que você procura?



O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural em Sergipe (Senar) lançou o programa de Assistência Técnica e Gerencial para a Agroindústria nesta quinta-feira, 14, no Parque de Exposições do município de Nossa Senhora da Glória. O programa beneficiará 60 produtores de queijos no Alto Sertão.

 

O programa tem por objetivo trazer boas práticas de produção, fortalecendo a atividade e agregando valor aos produtos. A assistência técnica tem duração de dois com visitas técnicas mensais.

 

O presidente do Senar/SE, Ivan Sobral, explica que o programa de Assistência Técnica para Agroindústria faz parte do programa Prospera Agropecuária Semiárido, que atenderá em Sergipe 568 produtores através da assistência técnica, sendo 60 produtores de queijos, 30 fruticultores e 478 produtores de leite.

 

“Sabemos da importância social e econômica das queijarias, por isso estamos lançando hoje a assistência técnica para a agroindústria. Este evento faz parte do Prospera Agropecuária Semiárido que beneficiará 568 produtores em Sergipe nas cadeias de agroindústria, leite e fruticultura. Um investimento de R$ 4 milhões em assistência técnica”, afirma Ivan.

Presidente Ivan Sobral

O programa de Assistência Técnica e Gerencial para a Agroindústria foi lançado durante o Seminário Propera Semiárido que contou com a participação de várias palestras voltadas para a produção de queijos em Sergipe. Uma das palestras foi do coordenador de produção artesanal do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA, Rodrigo Lopes, que falou sobre o programa Selo Arte, que vai permitir a venda de produtos artesanais para outros estados. O programa conta com a parceria da Confederação Nacional da Agricultura – CNA e o Senar.

 

“O Selo Arte foi instituído em 2018 a ideia é garantir aos produtores que ele possa acessar mercados de outros estados de forma legal e ter um selo que garante uma distinção de mercado. Esperamos que agregue valor e crie demandas de mercado. A ideia é fazer um nivelamento a nível nacional para saber como vamos atuar em cada estado. Precisamos entender as demandas dos produtores e alinhar com os órgãos oficiais do estado este entendimento dessa fiscalização mais orientadora e tirar o foco na estrutura e focar nas boas práticas”, afirma Rodrigo.

O Seminário também discutiu a legislação estadual para queijaria artesanal com a palestra do deputado estadual Zezinho Sobral. “O queijo artesanal não tenha um sergipano que não tenha provado. Foi autor de um projeto de lei na Assembleia que regulamenta e reconhece o queijo sergipano como uma atividade desenvolvida no sertão. São quase 300 queijarias atuando no estão e possibilita o licenciamento , qualidade do leite, criando uma linha de licença ambiental mais plausível”.

 

Inscrição

 

Os produtores de queijos interessados em participar do programa podem procurar a Secretaria Municipal de Agricultura do seu município ou entrar em contato com o Senar/SE através do telefone 3211-3264 para mais informações. O programa é voltado para os municípios do Alto Sertão sergipano.

 

 


Posts Relacionados

Notícias
Resultado 2ª Etapa Processo Seletivo para Supervisor
Notícias
Municípios do interior de Sergipe recebem ações do Senar Saúde
Notícias
Sealba AgroShow: Governo de Sergipe reafirma apoio ao show do agronegócio
Mais Notícias >

Este site utiliza tratativa baseada na Lei Geral de Proteção de Dados Lei nº 13.709/2018. Para saber mais, basta acessar nossa Política de Privacidade.