Bem-vindo ao SENAR SERGIPE

O que você procura?


Alertar homens e mulheres do campo sobre a importância da prevenção do câncer de próstata e do colo de útero é o objetivo do Programa Senar Saúde. O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural em Sergipe (Senar/SE) apresentou o programa para Prefeitura de Capela e usinas da região.

Durante ação, são ministradas palestras de sensibilização e conscientização do câncer do colo do útero e câncer de próstata, testes rápidos de sífilis, HIV e hepatite A e B, exames de citologia (papanicolau),  PSA e toque retal.

A coordenadora do programa, Valéria Vilanova, destaca a importância do programa para quem mora no campo e por falta de tempo, orientação e ou condições acabam não fazendo exames de rotina essenciais para prevenir o câncer.

“As ações do Senar Saúde consistem na prevenção, diagnósticos, acompanhamentos, tratamentos e orientações preventivas e de higiene pessoal que infelizmente ainda é um fator que permite o princípio de diversas doenças relacionadas aos homens e mulheres.

A secretária de Saúde de Capela, Nara Oliveira da Silva, enfatizou a importância de ações preventivas como o programa Senar Saúde. Segundo Nara, uma parceria importante entre a Prefeitura de Capela e o Senar/SE.

“Muito importante esta ação porque vamos proporcionar prevenção tanto para o homem, como para a mulher. O trabalhador às vezes não tem tempo de se cuidar e espera ter a doença e a dor para ir em busca de tratamento.  A ação preventiva leva saúde para os trabalhadores”, destacou.

A meta da ação em Capela é atingir também os trabalhadores das usinas Campo Lindo, Taquari, Termo Elétrica Iolando Leite e Junco Novo.  O representante da usina Taquari, Osiel da Silva, destacou a importância do programa.

“Muito importante porque vamos cuidar da saúde dos colaboradores. Já estamos com o programa de Aprendizagem Rural formando profissionais e este outro programa da saúde da mulher e do homem do campo também é importante, pois estamos cuidando da saúde do trabalhador, que precisa estar saudável para produzir. Muitos não têm condições e tempo de procurar um médico. Uma oportunidade muito boa para nós”, afirmou.